Hoje é

EMBOLIZAÇÃO DE ANEURISMAS CEREBRAIS NO SUS

Dr. José Ricardo Vanzin


Atualmente o tratamento endovascular dos aneurismas cerebrais no Brasil encontra-se em grande dificuldade após a publicação da Portaria 694 publicada em 24 de dezembro de 2010. Foi chamada de “Presente de Natal” pela neurocirurgia, pois houve um aumento significativo dos honorários médicos, incentivando a clipagem dos aneurismas cerebrais. Por outro lado o preço das molas foi reduzido à metade de seu valor e o como consequência seu fornecimento foi suspenso por todas as distribuidoras Brasileiras. Uma analise realizada com dados do próprio DATASUS entre 2008 a 2012 revelou que o efeito “Papai Noel” promoveu uma queda de 18% das internações dos pacientes com aneurisma cerebral pelo SUS em todo país, somando ambas as técnicas. Uma queda de 34% das embolizações e uma queda de 1% para a clipagem dos aneurismas, ou seja, não houve compensação do tratamento endovascular pela neurocirurgia após a publicação da portaria, o que faz pensar que muitos pacientes ficaram sem tratamento neste período. Se analisarmos os valores gastos pelo SUS segundos os dados do DATASUS, houve apenas uma redistribuição dos valores, compensaram o aumento dos honorários da neurocirurgia com a redução dos valores das molas. O DATASUS mostra de estamos tratamento melhor nossos pacientes, os dados revelam que a nossa taxa de mortalidade global é 5,7% contra 11,2% da neurocirurgia, o tempo de internação nosso é de 6,7 dias contra 16,1 para a clipagem. Diversos estudos randomizados, como o ISAT e BRAT, mais importantes revelam a superioridade da técnica. Diante de tantas dificuldades, decidimos realizar um estudo na esperança de ajudarmos a Neurorradiologia Brasileira, este estudo objetivou avaliar a real quantidade de molas necessária para tratarmos adequadamente nossos pacientes com aneurisma cerebral, não seria razoável usarmos dados nacionais, pois sempre tivemos restrições na quantidade de molas para o tratamento endovascular pelo SUS, para tanto, utilizamos dados de um dos maiores centros de tratamento endovascular do mundo, o serviço do Professor Jacques Moret. Estudamos 952 aneurismas tratados naquele serviço e observamos uma estreita relação entre o tamanho do aneurisma e o numero de molas, uma mola para cada milímetro de aneurisma, estes dados revelam a quantidade real para um tratamento ideal. Mas se compararmos com as portarias atuais estamos com uma defasagem muito grande com o que o SUS fornece . A SBNR não está tendo a oportunidade de discutir com o governo estas decisões e estamos todos esperando uma solução para tratarmos melhor nossos pacientes.

EVIDÊNCIA BRASILEIRA

evidencia-brasleira

 

EFEITO PAPAI NOEL

efeito-papai-noel-1

efeito-papai-noel-2

efeito-papai-noel-3

resumo-tratamento

fonte

titulo-artigo

tabela-aneurismas