Hoje é

EMBOLIZAÇÃO DE TUMOR HIPERVASCULAR – MENINGIOMA

Meningiomas são tumores hipervasculares intracranianos tratados preferencialmente através de microcirurgia. Em virtude da possibilidade da perda de grandes volumes de sangue durante a cirurgia, a embolização pré-operatória tornou-se uma opção em casos selecionados visando-se diminuir tal risco.

A indicação do procedimento é definida por seu médico(a) assistente e realizada por equipe especializada. A embolizacao pré-operatória tornou-se um procedimento bem estabelecido objetivando facilitar o ato cirúrgico como também diminuir a perda de sangue intra-operatória.  É um procedimento cirúrgico realizado em sala de hemodinâmica, que consiste no microcateterismo seletivo das artérias responsáveis pela nutrição do tumor possibilitando então a injeção de material embolizante, usualmente partícula de PVA, no interior do seu leito vascular.

Abaixo estão listadas as possíveis complicações neurológicas relacionadas a embolização de meningioma no per e pós operatório precoce:

  • Ataque isquêmico transitório – déficit transitório que se reverte em horas.
  • Isquemia cerebral/retiniana leve – déficit mínimo que altera pouco as funções do paciente.
  • Isquemia cerebral/retiniana grave – déficit importante que altera as funções do paciente.
  • Hemorragia cerebral e/ou Intratumoral
  • Déficit de nervo craniano

Os fenômenos isquêmicos são atribuídos a tromboembolismo ou então a passagem não intencional de partículas para ramos piais ou retinianos. A hemorragia pode acontecer no interior do tumor ou então em qualquer compartimento intracraniano.

Porcentagem de complicações neurológicas relacionadas à embolização de meningioma em estudos médicos importantes:

  • Taxa geral de complicações neurológicas: 6,5%
  • Complicações neurológicas permanentes: 2,2 a 9%
  • Óbito: 0,5%

Dentre as complicações não neurológicas pode-se citar:

  • Descompensação de doença pré existente.
  • Reação alérgica ao contraste (0,1%).
  • Hematoma no local da punção (0,4%).
  • Outros: reflexo vaso-vagal, hipotensão, descompensação de insuficiência renal, pseudoaneurisma em região da punção, hemorragia retro-peritoneal, reação pirogênica, infecção, reação alérgica aos produtos anestésicos e tromboembolia.

Os dados abaixo foram baseados nos seguintes trabalhos científicos:

  1. Neurologic complications after particle embolization of intracranial meningiomas. AJNR Am J Neuroradiol 2005 26:1413-1419.

 

_________________________________            ________________________________

Assinatura do paciente / responsável                      Assinatura do médico responsável

 

_________________________________            ________________________________

Assinatura da testemunha                                       Assinatura da testemunha

Download do termo em PDF