Hoje é

ROTINAS EM NEURORRADIOLOGIA INTERVENCIONISTA

ANGIOGRAFIA DIAGNÓSTICA OU CONTROLE PÓS-EMBOLIZAÇÃO

A) Paciente assintomático (normal) = 2 opções:

– 2000 UI de Heparina  na solução fisiológical, 1000 UI na cuba pequena e 1000 UI na bandeja da guia.

–  2000 UI de Heparina EV no inicio do exame

B)    Paciente com AIT: ASS e Clopidogrel/Ticlopidina 3 dias antes e 2000 UI de Heparina EV no inicio do exame.

C)  Paciente com AVC recente: Heparina 2000 UI EV 6 horas antes do procedimento e 2000 UI EV durante o procedimento (KTTP de 1,5 a 2,3 X).

STENT INTRACRANIANO OU ANGIOPLASTIA

1-      fazer ACT antes da injeção do anticoagulante

2-      heparina: 5000 UI em bolo na punção femural ou 180 UI/kg/h

3-      a cada hora 3.000 a 4.000 UI heparina

4-      controle ACT 30 min após início

5-       Manter ACT entre 250 – 350

6-      Aspirina 250 mg EV na punção femural  e 250 mg/dia VO para toda vida.

7-      Clopidogrel 75 mg 4 cp dose ataque 3-4 horas antes ou no início do procedimento por SNG e após 1 x/dia por 1 ano

8-      Fraxiparina 0,6 mg SC no  fim do procedimento e 12/12 horas por 7 dias

9-      Se possível ASS e Clopidogrel/Ticlopidina 3 dias antes do procedimento

10-  Descontinuar heparina no fim do procedimento

11-  Paciente com dissecção, trombo visível angiograficamente ou novo sinal neurológico focal, manter heparina por 24 horas e manter KTTP entre 1,5 a 2,3 vezes.

USO DO BALÃO DURANTE A INTERVENÇÃO

OCLUSÃO DE VASO: ACT entre 300-350 e manter heparina por 24 horas com KTTP entre 1,5 a 2,3 X

ANEURISMA (Remodling): ACT entre 300-350, se aneurisma roto parar no fim do procedimento, sem reversão e manter com ASS e Clopidogrel/Ticlopidina

TROMBÓLISE

– rt-PA 5 a 40 mg infusão de 0,5 a 2,0 mg/min, fazer ½ da dose e após se não recanalizar tentar mecanicamente com microguia e após se necessário terminar a infusão.

– Urokinase 1.000.000 UI infusão de 20.000 UI/min, fazer ½ da dose e após se não recanalizar tentar mecanicamente com microguia e após se necessário terminar a infusão.Dose máxima de 1.300.000 UI por paciente

– Abciximab: PROFILAXIA= 0,25 mg/Kg 10 a 60 min antes de iniciar o procedimento e 10 Ug/min  por 12 horas para pacientes de alto risco embólico

Repetir a angiografia a cada 30 minutos durante a infusão da droga trombolitica.

CONDUTAS BÁSICAS PÓS-TRATAMENTO :

PÓS-ANEURISMA

– AAS 250 mg 15 dias

– Fraxiparina 0,6 mg 12/12 horas  por 2 dias

– Decadron 10 mg ataque e 4 mg 6/6 horas por 2 dias

PÓS-MAV

– Captopril 12,5 mg VO 8/8 horas por 2 dias

– Decadron 10 mg ataque e 4 mg 6/6 horas por 2 dias

– TA sist. < 120 mmHg ou PAM  entre 65 a 75 mmHg

HEPARINA

– avaliar a necessidade no trans-operatório de manter a heparina, por exemplo em dissecções, recanalizações parciais ou êmbolo distal, nessas condições manter heparina por 24 horas  EV mantendo KTTP entre 1,5 a 2,3 vezes

ANTICOAGULANTE ORAL ANTES DO PROCEDIMENTO

Parar o ACO 4 dias antes do procedimento e entre esses dias  usar Heparina somente para aqueles pacientes com < 1 mês de eventos tromboembólicos. No pós-procedimento manter a  heparina naqueles casos de eventos tromboembólicos recentes.

 

SBNR Informa!

Clique e veja o Edital de Convocação